Deus bem perto… e nós com o plano B!

Publicado: 30 de outubro de 2010 em Devocionais

Não é tão fácil assumir o papel de filho de Deus quando percebemos que nunca ocupamos esse lugar ou que por algum motivo o evitamos.

Mesmo depois de conhecermos á Cristo e entregarmos nossas vidas a Ele, na prática isso não é nada confortante, pois sempre existe dentro nós algo com que necessitamos ter o controle.

Até entregamos, mas apenas uma parte, até confiamos mas até um certo limite. E principalmente quando se trata dos nossos sonhos,ministérios,familiares,amigos e etc a nossa tendência é se esquivar até encontrarmos ou estarmos sobre o controle novamente.

Ser filho de Deus é um super desafio e acredite que é um exercicío diário!

E temos cosciência disso nos tempos que precisamos redirecionar nossas decisões e sabemos que isso implicará numa mudança inesperada do nosso futuro ou então apenas quando preciso permanecer firmes no caminho, a Cruz.

A realidade de muitas familias quanto á ausência da figura paterna tem feito com que muitos de nós, mais tarde, sentimos na pele a dificuldade de confiança (nos outros, em nós ou no próprio Deus).

Um dos maiores interesses de Deus é se manifestar como PAI, o que para Ele não é nada perplexo. Mas a barreira/dificuldade somos nós que colocamos impedindo o acesso de Pai (Deus) para filho (nós) e que a maioria das pessoas nem não percebem essa ação.

Um dos maiores desafios para aqueles que sempre dizem:  “ eu me viro sozinho” ou “se não der certo eu dou um jeitinho”  é a verdadeira desconfiança.

Jesus fez o contrário lá na cruz, sem reservas, sem questionametos, sem arrependimento apenas pela plena confiança em Deus e por completo amor por nós Ele se entregou e morreu por mim e por você.

Hoje, Deus além de ser educado é Amor, e por mais que o desejo Dele seja sempre participar de tudo que acontece conosco sempre vai depender da nossa disposição do nosso coração para que isso aconteça.

Confiança gera entrega que resulta no abandono das nossas próprias vontades para fazer e se deleitar no amor de Deus.

Aldley Natale

Anúncios
comentários
  1. PC disse:

    “e por mais que o desejo Dele seja sempre participar de tudo que acontece conosco sempre vai depender da nossa disposição do nosso coração para que isso aconteça.”É incrível como nossas decisões e atitudes podem limitar o agir de Deus em nós.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s