O QUE NÃO FAZER DIANTE DA CRISE

Publicado: 10 de janeiro de 2012 em Devocionais


Rute 1.1 – 4.22

O livro de Rute é conhecido por muitos como um belo romance, porque nos conta uma linda historia de amor. O livro está cheio de escolhas e decisões amorosas que vão afetar pra sempre a vida dos seus personagens. Por exemplo, temos o amor e a amizade que Rute tem por sua sogra Noemi, o que a leva escolher não só seguir a sua sogra como também a seguir ao Deus dela. Quem não se lembra da linda declaração que Rute fez quando sua sogra insiste para que ela a deixe e vá viver a sua vida? E o que dizer de como ela e Boaz se aproximam e chegam ao casamento?

Na verdade o livro pretende nos mostrar uma incrível historia do amor de Deus por sua noiva, a igreja. Deus nos ama independente do que somos ou do que fazemos. Deus nos ama independente da cor ou raça e foi assim no livro de Rute. Ele ama não só a Noemi que é judia, mas também ama Rute que era estrangeira, Moabita, que para o povo de Israel ela não merece salvação. “Está ai uma dica: Deus salva quem Ele quer”.

Contudo, há uma grande tragédia nessa história de amor. A Bíblia nos fala que houve fome em Belém, onde morava Noemi, seu esposo Elimeleque e seus dois filhos Malom e Quilom. O nome Belém significa “casa de pão” e parece que derrepente faltou trigo para fazer o pão, e a fome veio. Existe uma especulação de que essa fome tenha sido resultado do saqueamento que Israel sofreu dos Midianitas, porém é verdade que ela chegou numa época em que não havia Rei em Israel, só juízes, o que mostra uma instabilidade política e econômica da época, e sem líder cada um fazia o que queria. Com a fome a crise era ainda maior e atingiu ricos e pobres.

A familia de Elimeleque era rica e fazia parte da aristrocracia da cidade, porém a crise também os afetou. Então essa família começa a enfrentar um drama que nos é contado nos quatros capítulos desse lindo romance. Eles sofrem com essa crise financeira e perdem tudo o que tinham, migrando para outro país por causa da pobreza e da fome. Na família há problemas de saúde que leva a morte de três pessoas deixando três viúvas e o pior de tudo é que a amargura que brota no coração de Noemi é contra Deus, o Criador e Provedor de todas as coisas.

O que fazer em meio à crise? E o que não fazer? É disso que pretendo falar nessa mensagem. Quando a crise chegar tenha muito cuidado com as sua decisões ou com a maneira que você vai reagir a ela.

1. Não fuja, essa escolha pode ser perigosa.

Quando estamos em meio a uma crise somos empurrados, ou obrigados a tomar uma decisão. Alguém um dia disse que em meio a crise e aos problemas da vida temos três opções: ou escolhemos o caminho mais fácil que é a fuga, ou escolhemos suportar a crise e todos os seus males, ou escolhemos enfrenta-la.

Elimelique escolheu o caminho mais fácil, ele preferiu fugir para Moabe quando a fome atingiu a sua casa (Rt 1.1). Essa é infelizmente a atitude de muitas pessoas no século XXI. Quando a crise chega muitos colocam os pés na estrada e fogem para não ter que enfrentar a crise.

Moabe era uma terra habitada por um povo idólatra, que até sacrifícios humanos faziam. O que mais acontece nas nossas igrejas são decisões semelhantes a essa. Muitos membros quando passam por uma situação problemática decidem sair da igreja, é o tipo de crente que sente dor por qualquer coisa, escolhendo até andar por caminhos tortuosos e sem Deus. Tem pessoas que se desviam da fé só porque discordam do Pastor, do irmão, do grupo de dança, do grupo de louvor e acabam se envolvendo em coisas ainda piores.

Eu ainda vou longe para falar de casais que decidem divorciar-se só por não ter coragem de enfrentar a crise no casamento e por conta disso, famílias e lares são destruídos. Infelizmente, se dá ênfase ao divórcio do que ao casamento, que é algo sagrado e instituido por Deus. Pessoas esperam a primeira tempestade na sua família para usá-la como pretexto para cair fora.

Quantos pais são ausentes, por não suportar ver os seus filhos envolvidos com drogas ou com outros males. Maridos ausentes por não conseguir olhar no rosto de suas esposas e sem que sintam covardes.

Querido irmão, a fuga nem sempre é o melhor caminho, muito menos o dinheiro, a fama, o sucesso profissional, ou até mesmo o sucesso ministerial podem ser escape ou meio para a solução dos teus conflitos.

Elimeleque e Noemi decidiram fugir para Moabe, e lá se depararem com a doença, morte, viuvez, pobreza e amargura. Chegando lá Elimeleque adoeceu e morreu, pouco tempo depois os seus filhos que já eram casados com Rute e Orfa, também morreram deixando três mulheres viúvas, sem eira nem beira e sem um tostão no bolso. Que tragédia!

Foram em busca de segurança e alivio, e a crise só aumentou (Rt 1.2-5). Amados, enfrentar a crise é melhor do que fugir. Quando os problemas e as dificuldades surgirem, enfrente-as acreditandoem um Deusque chama a existência as coisas que não existem.

Queria aproveitar esse momento para trazer a memória, outra história que é incrivel nas sagradas escrituras. A bíblia nos fala de um homem que começou a reinar quando tinha apenas 25 anos (2Cr 29.1), era jovem, mais novo do que eu, rsrsrs! Quando esse jovem assumiu o reinado, Jerusalém estava quase que devastada pelo pecado, pois os antecessores, os seus pais haviam feito tudo que desagradava ao Senhor levando o povo para longe do seu Deus, chegando até a profanar no templo, (2Cr 28 e 29). Ezequias assumiu o poder numa época crítica, mas ele não escolheu ser como seu pai e nem a fugir da crise, e sim enfrenta-la, a sua primeira atitude foi abrir as portas da casa do Senhor e as reparar. Não só, ele também restarou o ministério levítico, o sacerdócio (2Cr 29.3-5) e também restaurou o culto ao Deus vivo (2Cr 29.25-30). Ainda restaurou a páscoa e combateu de frente a idolatria. Você consegue ver? Este home escolheu enfrentar a crise fazendo tudo diferente do seu pai e voltando para Deus. Ele não olhou para as circunstâncias ou para as crises, ele olhou para Deus e decidiu lutar pelo seu reino. Essa tem que ser a sua atitude.

Quero ainda deixar mais um conselho para você…

2. Não deixe que o desepero te cegue, veja o que Deus está fazendo.

Quando estamos em meio à crise, temos dificuldades de olhar as coisas com clareza. Nesses momentos não enxergamos o agir de Deus a nosso favor. Não conseguimos ver que em meio as nossas atribulações, Deus não desistiu de nós e que Ele está trabalhando mesmo que não mereçamos.

No versículo 6 do capítulo 1 de Rute, vemos que Noemi ouviu dizer que Deus havia visitado o seu povo, e então decide voltar, nesse momento ela se despede de suas noras dando-lhes liberdade. A princípio as duas decidem acompanha-la, só que Noemi ignorou as suas devoções e amizades, começando a reclamar de Deus, mostrando a sua profunda amargura usando como argumento para convencê-las a partir. Nesse momento a Orfa vai embora, porém Rute apegou-se a ela e decide ficar e fazer uma linda declaração de amor (Rt 1.16,17).

Abrindo um parêntese para dizer que está difícil nos nossos dias ver uma declaração sincera e verdadeira, pois não foram apenas palavras, Rute cumpriu tudo que prometeu em palavras para a sua sogra. Ela mudou de país e foi morar numa terra estranha. Naquela terra ela adotou os costumes, práticas do povo e se tornou serva do Altíssimo, chegando a fazer parte da genealogia do rei Davi e posteriormente do Rei dos reis. Ela nunca deixou a sua sogra mesmo depois que se casou com outro homem. Que devoção!

Isso tudo foi ação benevolente de Deus a favor da Noemi.

Quando estamos em meio à crise Deus sempre coloca pessoas do nosso lado para nos ajudar a lutar e vencer a crise. Homens e mulheres que intercedem por nós e que às vezes em pequenos atos vão se tornar instrumentos de Deus para mudar a nossa história. Mas Noemi não estava enxergando a devoção, o amor e a amizade como obra de Deus, tanto que pouco tempo depois ela chega a pedir que trocassem o nome dela.

Rute estava voltando para casa cheia de dor e de amargura. Essa mágoa tornou-lhe pessimista tanto que fecha os olhos a ponto de não perceber que Deus estava começando a escrever uma nova e linda história na sua vida. Nos versículos 20 e 21 ela expressa a sua amargura e ressentimento ao ponto de não querer ser chamada de Noemi que significa agradável, doce, querendo ser chamada de Mara, que quer dizer amarga e nesse mesmo momento ela culpa a Deus por todo seu desgosto.

Querido, abra os olhos, Deus está no controle da história e sabe o que faz. ‎ Eu sei que é difícil compreender os caminhos que Deus usa para operar em nossas vidas, mas Ele sempre trabalha em nosso favor. Quando você estiver no meio de uma tempestade, ou no ventre de um grande peixe, faça como Jonas – “As águas me cercaram até a alma, o abismo me rodeou, e as algas se enrolaram na minha cabeça. Eu desci até aos fundamentos dos montes; os ferrolhos da terra correram-se sobre mim para sempre; mas tu livraste a minha vida da perdição. Ó Senhor, meu Deus. Quando desfalecia em mim a minha alma, eu me lembrei do Senhor, e entrou a ti a minha oração, no templo da tua santidade.” (Jn 2.5-7).
Jeremias em suas lamentações, começa o capítulo 3 falando dos pecados e desolações que atingiram o seu povo. Ele viu jovens e crianças destruídos, família acabadas e a sua alma estava abatida por aquela situação tenebrosa que ele chega a chamar de trevas. Mas sabe o que o profeta diz? “Eu quero trazer a memória aquilo que me traz esperança. As misericórdias do Senhor são a causa de não sermos consumidos; porque as suas misericórdias não têm fim. E elas se renovam a cada manhã. Grande é a sua fidelidade”.

Essa tem que ser a nossa atitude. Temos que ser otimistas e ver o que Deus está fazendo com a nossa história.

E por fim, eu preciso te dizer…

3. Não perca esperança, a crise chegou ao fim!

Há um texto que eu amo. Ele está em Provérbios 23.18, que diz: “Porque deveras há um fim bom; não será malograda a tua esperança”. Não se desepere, a tua crise está chegando ao fim. O teu milagre está chegando. A tua vitória é garantia do Senhor para você.

No versículo 22 do primeiro capítulo do livro de Rute somos contados que as duas chegaram a Belém no princípio da colheita. Ao chegarem na cidade ficou claro no povo o sentimento de pena e comoção pela pobreza das duas, mas Deus estava começando um novo capítulo nas suas vidas. A crise estava prestes a acabar e o milagre da provisão acontecer, a sua chegada ocorre quando os campos estavam dando frutos, era como se Deus estivesse sorrindo para elas e dizendo, amanha vai ser melhor! Ele estava deixando claro que “O choro pode durar uma noite, mas a alegria vem pela manhã”. A noite pode ser terrivel, a crise pode ser dura, te levando para o abismo. Ela pode acabar com o teu casamento, com a tua saúde, afastar os amigos e as pessoas que você mais ama, podendo te levar a uma profunda depressão. Seja como for, tenha bom ânimo, quando o sol nascer, junto com seus raios o Pai das luzes vai trazer a tua alegria, ele vai brilhar sobre ti e vai mudar a tua situação e tamanha será a tua vitória. Acredite, isso não é um romance fictício, é vida real.

Em um único dia, Deus resolveu o problema dessas duas mulheres, no diaem que Ruteconheceu Boaz – o Remidor. Em apenas um dia uma história de dor foi transformada em uma historia de amor. Que coisa! Noemi saiu para colher espigas no campo e algo novo aconteceu. Ela conheceu o aquele que seria o seu marido.

Em meio à crise precisamos aprender com Rute a ser pessoas com iniciativas e não ficar parado e choramingando pelos cantos. Alguém disse que a iniciativa pode fazer da fé um verbo e não um substantivo. Não tenha medo de correr riscos e muito menos de lutar, levante-se do chão e trabalhe.

Rute só entendeu o que estava acontecendo quando contou a sua sogra sobre o encontro que ela teve com Boaz e nesse momento Noemi volta a bendizer o nome do Senhor porque percebeu que aquele encontro, não era uma mera coincidência, mas a mão do Senhor mudando o seu futuro (2.20). Eu quero que entenda meu irmão, Deus está mudando a tua história e Ele está no controle de todas as coisas.

Boaz era parente de Noemi e por lei ele devia ser o seu remidor e se casar com a Rute para dar continuidade ao nome da família. Rute segue o conselho da sua sogra e se deita aos pés de Boaz. (Deus deseja que os relacionamentos familiares sejam saudáveis, até mesmo entre as noras e as sogras). Essa deve ser a nossa atitude. Como eu disse anteriormente esse romance representa uma história ainda maior, do amor de Deus por sua igreja. Jesus é nosso remidor e quando a crise chegar ele diz: “Vinde a mim, todos os que estais cansados e sobrecarregados, e eu vos aliviarei. Tomai sobre vós o meu jugo e aprendei de mim, porque sou manso e humilde de coração; e achareis descanso para a vossa alma. Porque o meu jugo é suave, e meu fardo é leve.” (Mt 11:28-30).

Ezequias fez tudo que estava certo e enfrentou a crise no seu governo. Senaqueribe invade o seu território afronta o povo de Deus e o seu Deus. O invasor afirma que o Deus de Israel não seria capaz de livra-los de suas mãos. Queridos, quando parecer que as coisas estão só piorando, descanse, Deus está escrevendo uma grande história. Ele não tinha muito e estava apenas reerguendo um império destruido e amedrontado, mas ele não fugiu diante das ameças do inimigo como fez Israel e Saul diante de Golias, pelo contrário, ele agiu como Davi e colocou sua confiança em Deus dizendo para o povo: “Esforçai-vos e tende bom ânimo; não temais, nem vos espanteis por causa do rei da Assíria, nem por causa de toda a multidão que está com ele… (2Cr 32.7). Nossa, que loucura, não é? Talvez muitas pessoas tivessem fugido ou se rendido, seria mais fácil, contudo, acreditar que MAIOR É O QUE ESTÁ CONOSCO DO QUE COM ELES é sempre a melhor decisão. Como Davi, ele disse: “Com eles está o braço da carne mas conosco está, o Senhor, nosso Deus, para nos ajudar a guerrear nossas guerras. E o povo descansou”.

 

Sabe o que aconteceu? No versículo vinte eles foram orar e logo a seguir o Senhor mandou apenas um anjo (acho que era o exterminador do futuro, rsrsrs). Parece haver um desiquilíbrio. Na história de Davi também parecia haver um desiquilíbrio, mas ele venceu aquele que um exército inteiro temeu. A história de Ezequias termina com o anjo destruindo todos os valentes e deixando os fracos voltarem envergonhados. Mil cairão à sua esquerda e dez mil à sua direita, mas tu não serás atingido, diz o Senhor Deus todo Poderoso.

Um anjo resolveu o problema de Ezequias e Israel, um homem resolveu o problema de Saul e seu exército, em um dia Deus mudou a história de duas viúvas e um homem, apenas um trouxe salvação para a humanidade. “E vimos a sua glória, como a glória do unigénito do Pai, cheio de graça e de verdade”. Este homem diz: “eis que faço novas todas as coisas.” (Ap 21.5a).

A história de Rute e Noemi mudou de uma vez por todas. Ela se casou com Boaz, e as mulheres chegaram a afirmar para Noemi que Rute valia para ela mais do que sete filhos. O livro de Rute termina com a genealogia de Davi. E porque será? Porque a Rute se tornou avó de Davi e dessa descendência, nasceu o Rei dos reis. Ela entrou na linhagem real e depois na linhagem do Messias. Quer benção maior do que esta?

Creia que Deus pode mudar a tua crise. Não desanime! Deus ama você e Ele te quer bem. Não importa de onde você vem, se é rico ou pobre, negro ou branco. Você não foi um acidente, foi plano de Deus. Portanto, deixe a vontade de Deus prevalecer na tua vida, entregue tudo a Ele. Seu casamento, seu trabalho, seu ministério, sua família, tudo Ele satisfará o que deseja o teu coração. Aquelas mulheres não sabiam, mas o melhor de Deus ainda estava por vir, o Messias chegaria através delas. Deus tem o melhor para você. TEMPOS MELHORES ESTÃO POR VIR. AMÉM!!!

Manuel Mário Armando

Anúncios
comentários
  1. Junior Moreira disse:

    Muitas pessoas preferem esconder que estão em crise, ainda mais nos dias de hoje com esta teologia que é ensinada nas Igrejas, que crente não tem problema não passa por adversidades e por ai vai… e é neste momento que as pessoas sai da igreja porque muitas delas se julga por estar passando este momento e se sente envergonhadas de falarem com o seus pastores e lideres e então elas preferem se esconder no mundo…

  2. manuelmario2 disse:

    Verdade Junior, as pessoas preferem viver uma vida de aparência para esconder o que se está passando com elas com a finalidade de sustentar uma teologia que ensina que crente não passa por crises e coisas do gênero. Essas pessoas deviam olhar para a vida de Cristo que foi acompanhada de dores e sofrimento e o que dizer do apostolo Paulo que teve que viver com um espinho na carne depois de ouvir o Senhor lhe falar que a sua graça lhe bastava… temos que pregar a teologia da cruz, creio na prosperidade e creio que Deus nos faz mais do que vencedores mas também creio que as aflições são certas na vida do crente.

  3. enis disse:

    Glória a Deus! De um lugar tão ermo, onde a crise “supera tudo”, surge um homem de Deus com uma voz que ecoa por todo o continente africano dizendo: Levante a cabeça, prossiga, nunca deixe de lutar, espera em Deus. Manuel Mário, suas palavras em tom de mensagem, adentrou aos meus ouvidos e desceu ao meu coração e como manto aqueceu a minha alma. Acabando de orar disse para Deus: Senhor, dirija a minha vida, “meus negócios”, minha família e nossas vidas espirituais para que possamos crer, que mesmo na crise, o senhor esta no comando de tudo. Que Deus, continue te dando mensagens como esta, inspiradoras e ao mesmo tempo, repreendedoras, que nos ensina, que não precisamos tomar decisões tal, como Elimeleque e noemi, o filho pródigo, ananias e Safira e outros mais; pois o desfecho de tudo isso podem se dar em morte.

  4. DM Zeca disse:

    Muito obrigado pela revelação meu irmão. Deus falou profundamente nesse texto e Deus te inspire mais e mais

  5. Xavier Oniva disse:

    Obrigado, Louvado seja Deus!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s